Jazz no cinema - Parte 2

Jazz no cinema - Parte 2

 

 

O filme “Por Volta da Meia Noite (Round Midnight)” lançado no ano de 1986 é uma sensível homenagem que o diretor francês Bertrand Tavernier fez aos grandes músicos que nos anos 40 e 60 se auto exilaram na Farnça. Foi dedicado a duas lendas do Jazz: o pianista Bud Powell e o saxofonista Lester Young. Uma verdadeira declaração de amor ao Jazz.
É considerado por muitos como o mais belo filme já feito sobre o tema Jazz, o que concordo plenamente. Uma obra prima que teve como grande revelação como ator, o saxofonista Dexter Gordon, naquele ano surpreendentemente indicado ao Oscar de Melhor Ator. 
Também possibilitou ao pianista Herbie Hancock dirigir a trilha do filme, que lhe rendeu merecidamente o Oscar de Melhor Trilha Sonora.
Na verdade, as músicas do filme foram distribuídas em duas trilhas: a primeira lançada pelo selo CBS/Columbia e a segunda “The Other Side Of Round Midnight”, lançada pelo selo Blue Note, ambas do ano de 1986.
Para construir o enredo, o Diretor Tavernier convidou alguns dos melhores músicos de Jazz para desempenharem os papéis. E não é que todos os músicos/atores surpreenderam com as suas atuações.
O filme fala de uma grande e verdadeira amizade. Ambientado em Paris no ano de 1959, um francês (vivido pelo ator François Cluzet), apaixonado por Jazz, tenta salvar do vício da bebida e das drogas seu grande ídolo e herói, o saxofonista americano Dale Turner (Dexter Gordon).
É tocante ver e ouvir a atuação de Dexter Gordon, que encantou pelo seu desempenho artístico.
Se você gosta realmente de Jazz é obrigatório assistir esse filme. E digo mais, é preciso tê-lo em sua coleção de Dvd`s para mostrar aos amigos.
E a coluna desta semana quero dedicar ao amigo Eduardo Caldeira. Na época, nos encontramos casualmente no cinema para ver esse filme. Ele ficou poucos dias em cartaz aqui em Santos, exibido no antigo Cine Iporanga 3 . Esse filme me marcou tanto que cheguei a pedir os cartazes do filme. Consegui dois. Um está comigo até hoje e o outro dei de presente ao Eduardo.
Não deixe de ver o filme, e se possível procure as duas trilhas sonoras. Imperdíveis !!! 

 

 

Round Midnight – Original Soundtrack

 
Vencedora com absoluta justiça do Oscar de Melhor Trilha Sonora, a música de Round Midnight contou com a Direção Musical do pianista Herbie Hancock.
Além de atuar magistralmente ele dirigiu uma verdadeira constelação de músicos do Jazz.
Tony Williams e Billy Higgins na bateria, Ron Carter no contrabaixo, Wayne Shorter no saxofone, Bobby Mcferrin nos surpreendentes vocais, John Mclaughlin na guitarra e mais a participação do trompetista Chet Baker, cantando com sua voz sofrida pela vida e pelas drogas, entre outros.
Ao ouvir a trilha do filme você se sentirá hipnotizado e terá a certeza de que o Jazz é verdadeiramente surpreendente.
Para começar a faixa título do filme, música composta pelo pianista Thelonious Monk, que contou com o belíssimo arranjo de Hancock e a maravilhosa participação de Bobby Mcferrin, que usa sua voz como um verdadeiro instrumento.
Também “Body and Soul” com o sax tenor de Dexter Gordon, a balada “Fair Weather” com Chet Baker cantando e tocando, “How Long Has This Been Going On?” com o belo solo da cantora Lonette Mckee e o tema de encerramento “Chan`s Song” com destaque para o piano de Herbie Hancock e a voz do genial Bobby Mcferrin.

 

The Other Side Of Round Midnight

Foram tantos músicos de qualidade reunidos no “set” de filmagem que seria impossível desperdiçar os demais “takes” gravados para o filme.
Herbie Hancock também assina a Direção Musical da continuidade e as gravações foram feitas diretamente do Blue Note Jazz Club, ambiente musical onde o filme foi rodado.
O tema de abertura é a faixa título do filme (assim como na primeira trilha), porém agora contando com sete músicos.
Merecem destaque também os temas “What Is This Thing Called Love”, um duo de arrepiar de Herbie Hancock e Bobby Mcferrin, “Tivoli”, uma balada que embala uma das cenas mais emocionantes do filme, “As Time Goes By”, numa versão jazzística muito interessante.
E para encerrar um repetição do tema “Round Midnight”, numa versão piano solo do genial Herbie Hancock.

Postado em: 06/01/2012

 


Comentários
Ainda não há comentários.
Deixe seu comentário

Deixe um comentário. É importante o preenchimento de todos os campos.




Digital Jazz

Enquete

Qual destes estilos você aprecia mais?






Parceiros

jazz fest
bossa fest




O material em áudio e video disponibilizado através deste site é utilizado apenas para fins culturais e não-comerciais, descartando qualquer incentivo à pirataria e quebra de direito autoral.